Resenha: 1+1 - A Matemática do Amor por Vinicius Grossos e Augusto Alvarenga

"Somos como yin e o yang
Eu sou o sol, o Lucas é a noite
Eu sou o achocolatado, o Lucas é o café.
Eu sou do verão, o Lucas, do inverno
Eu sou da matemática, p Lucas, do português "


1+1 - A Matemática do Amor
Editora: Faro
Páginas:
Nota: 5/5
Ano: 2016  |  Skoob

Sinopse:  Lucas e Bernardo são dois garotos, melhores amigos um do outro de toda a vida. De repente, recebem a notícia de que Bernardo irá se mudar com a família para outro país. Nesse momento, cada um a seu modo, percebe como valiosa era aquela amizade, algo que não queriam perder. Bernardo reage mal e se revolta. Lucas tenta transformar cada dia que resta com o amigo na melhor experiência de suas vidas. Ele escreve uma lista de coisas para fazer e pretende cumprir uma por uma, em todos os detalhes. Mas, a cada dia, o fantasma da separação os assombra com um cronômetro lembrando que o tempo se esgota e, ainda assim, os dois passam por grandes momentos juntos. Então os meninos percebem que há algo mais entre eles... um sentimento profundo, que não conseguem explicar e tornam todas aquelas experiências ainda mais intensas. Mas o que fazer com tudo isso quando se tem apenas 16 anos?

Muitas autores conseguem surpreender o leitor durante a leitura, e isso é muito bom. Mas, em 1+1 temos mais que surpresas. Os autores conseguem imergir o leitor em uma realidade que não é a minha, mas que sem dúvidas representa o cotidiano de muitos da comunidade LGBT. 

Lucas e Bernardo são dois jovens que desde sempre são amigos, contudo, a amizade deles se vê abalada quando o pai de Bernardo recebe uma ótima proposta de trabalho que por consequência, teria que se mudar com toda sua família para Portugal. A notícia vem de forma inesperada para os garotos que reagem de formas bem adversas, com raiva e muita, muita tristeza. 


Após esse baque para ambos, Lucas decide que não vai deixar Bernardo viajar sem boas lembranças dos seus últimos dias no Brasil e por isso faz uma programação especial para que eles se divirtam bastante. Passando tanto tempo juntos os garotos percebem que a amizade deles está ficando cada vez mais forte e novos sentimentos estão surgindo, de forma nova e também confusa.

A amizade entre Lucas e Bernardo e a forma como vai se tornando amor é uma das coisas mais lindas que eu já li. Os autores conseguiram aos poucos trazer vida aos personagens, deixando toda a história bem palpável. É perceptível que não foi um livro escrito com muito sentimento. Vinicius Grossos já tinha se tornado um dos meus autores preferidos com O Garoto Quase Atropelado e com 1+1 ele definitivamente não sairá dessa lista nunca. Augusto Alvarenga é um nome novo para mim, entretanto ele também não decepciona nem um pouco escrevendo,


Não lembro muito bem como eu e o Bernardo, meu melhor amigo, nos conhecemos. Até onde sei, ele sempre esteve ali, do meu lado.
Lucas é um personagem muito fofo, ele curte ler e não se dá bem com matemática - mas quem se da bem com essa matéria, não é mesmo?. Gosta de poesias e tem um ótimo gosto musical,
Tão natural quanto respirar. É assim que penso na minha amizade com o Lucas. Como tudo começou? Bem, eu não sei.
Bernardo diferente de Lucas é mais extrovertido, gosta de esportes e jogos de video game a matéria matemática é seu ponto forte, a exatidão dos números é algo fácil de entender, já a subjetividade da lingua portuguesa...
Vou ficar longe da minha cidade, dos seus pais, da escola, de tudo que eu conheci. De você. Lembra como você dizia que às vezes 1+1 pode ser 1? Eu te entendo agora. Mas somos menos que um. Somos uma equação de divisões e saldos negativos 


1+1 - A Matemática do Amor tem tudo para ser um grande romance LGBT. Durante a leitura fica claro que os autores colocaram bastante sentimento aos escrever, e esse sentimento se mostra em forma de músicas no livro, em citações, e ainda mais, nas lagrimas de quem o lê.

Toda a trama gira em torno dos personagens e da descoberta deles. E os autores conseguiram colocar no papel tanto fatores internos, como a dúvida entre o que fazer e como mudaria a amizade deles e também fatores externos, pois os garotos moram em uma cidade pequena onde a homofobia é muito forte e ser diferente em lugares tão "tradicionais" causa grande repulsa dos que estão ao redor.

Mesmo escrevendo de forma divinamente bem, eu senti que o Augusto e o Vinicius pecam no sentido da personalidade dos personagens Lucas e Bernardo, no começo da trama. Ambos os personagens no começo parecem a mesma pessoa pela narrativa, pois mesmo com personalidades distintas, não se vê uma grande mudança na fala de um para outro na alternância da capítulos - ora narrada pelo Lucas, ora pelo Bernardo - entretanto esse é um erro que fica somente nos primeiros capítulos, logo eles começam a desenvolver melhor e depois que isso acontece o livro só melhora.

20 comentários

  1. Achei a resenha muito boa. O visitante do blog, certamente, ficará motivado a ler esse livro. Eu, por exemplo, espero lê-lo logo, logo.

    ResponderExcluir
  2. Achei a resenha muito boa. O visitante do blog, certamente, ficará motivado a ler esse livro. Eu, por exemplo, espero lê-lo logo, logo.

    ResponderExcluir
  3. Oiii Italo, como vai?
    Rapaz eu tenho tanta vontade de ler esse livro que você nem imagina rapaz,vi ele em lançamento um tempo atrás e desde então estou o querendo, adorei a resenha e as fotos, dica super anotada.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  4. A resenha ficou muito boa, mas não sou muito chegada a romances rs.
    Bjs

    ResponderExcluir
  5. que bom que apesar da 'confusão' inicial, logo os personagens tomam formas distintas... me parece ser uma leitura leve, apesar da temática que aborda... acredito que seja bom para trabalhar com o público jovem...
    bjs...

    ResponderExcluir
  6. Olá,
    Ainda não li nenhuma obra que tratasse sobre tal temática e fico muito curiosa para conferir como os autores o fizeram de forma aparentemente tão leve e agradável.
    É uma situação muito delicada quando os jovens ainda estão se descobrindo e se deparam com tal sentimento. O que fazer e o que pensar são incógnitas.
    Pretendo ler a obra assim que possível.

    leitoradescontrolada.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Olá
    que ótimo que gostou tanto, eu tenho o livro aqui e quero muito ler, parece ser muito gostoso e espero gostar tanto quanto você

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi, Ítalo. Tenho muita vontade de ler essa obra, inclusive por ser LGBT, mesmo ela sendo juvenil. Essa parte da personalidade dos personagens, mesmo não tento lido a obra, tenho a impressão, como você pontuou, que seria mais adequado que fossem diferentes. Mas, como disse, não li e não posso opinar com propriedade por não saber a intencionalidade discursiva.

    ResponderExcluir
  9. Olá,

    Gostei muito da temática da obra e o enredo também parece ser muito consistente e emocionante. Espero ler em breve.

    Abraços
    Cá Entre Nós

    ResponderExcluir
  10. Tu acredita que até hoje não li um livro com o tema LGBT? Tenho muita curiosidade e ainda não sei porque não li.
    Eu já ouvi falar muito desse livro, mas você conseguiu deixar ele mais fofo e bonito do que parece ser. Gostei mesmo e é por isso que vou tentar ler ele ainda esse ano :)
    beijoooos

    ResponderExcluir
  11. Olá Italo,
    Eu sou apaixonada pelo título desse livro, mas ainda não tive a oportunidade de ler. Apesar de não ser um gênero que leio com frequência, tenho muita curiosidade em saber mais sobre os personagens e a maneira em que conduziram seus sentimentos.
    Bjim!
    Tammy

    ResponderExcluir
  12. Oie, tudo bem? Ainda não conhecia o livro mas pela sua resenha ele parece ser bem interessante. Nos faz pensar o ocorre com as pessoas que optam por esse mundo. Não deve ser fácil o jeito que são vistas pela sociedade, ainda mais quando são quase crianças. Uma pena o início do livro ser fraquinho na construção dos personagens, mas é compreensível. Excelente resenha. Beijos, Érika ^-^

    ResponderExcluir
  13. Oi!!
    Eu não tinha visto falar desse livro ainda, acho tão legal que tenha vários livros com essa temática, embora já tenha lido alguns, não sei se leria esse, mas vou confessar que me senti atraída por ele.
    É tão legal quando começamos uma leitura e nos envolvemos totalmente. Você me convenceu a colocar ele na lista de desejados para ler algum dia.
    Beijão!

    ResponderExcluir
  14. Oie,
    Conheço um dos primeiros livros do vinicius Sereia. Desde que o livro lançou estou querendo muito comprar. Mas aqui na minha cidade está em falta. Confesso que me sinto cada vez mais atraída com livros de temáticas assim.
    Sua resenha foi cativante.

    ResponderExcluir
  15. Oiiii!
    Não conhecia esse livro.
    Achei bem legal o assunto. Muito atual também.
    Já li alguns que tratavam de romances LGBT e gostei bastante.
    Beijos

    ResponderExcluir
  16. Thank You for such amazing information. This is one of the best sites which provide all the details of related topics.
    Examhelpline.com

    ResponderExcluir
  17. This is good for sharing with us good information of this best site.
    Examhelpline.in

    ResponderExcluir